O Processo

julho 17, 2014



Tinha todo um post bem animado para ser publicado hoje, mas uma mensagem mudou o rumo de tudo!

Hoje pela manhã, recebi a mensagem do "pai" do Lucca, me comunicando que entrou com o processo da pensão alimentícia e a regularização das visitas. Ao ler esse início da mensagem, caí aos prantos, a dor de saber que chegou a hora de realmente "dividir" meu filho está enorme. Não consegui ler toda a mensagem, estava no trabalho e tive que ir ao banheiro, chorar. Chorei muito e rezei, pedi a Deus que me ajudasse a entender tudo que estava acontecendo.

Li o resto da mensagem, uma das mais ridículas que eu havia recebido dele, dentro de tudo que foi dito, ele disse que queria ver o Lucca todos os finais de semana, por mais que uma hora (pois estipulei isso) e sem a presença da minha família, OI????? Passam mais de ano sem ver a criança e do nada querem ficar sozinhos com ela? Ah, tá né?!

Além disso, ele disse que estava morando em outra cidade e que por isso não iria conseguir ver o Lucca todos os finais de semana, mas que a mãe dele iria, OI????? Nunca duvidei que sempre quem quisesse contato com o Lucca é a família dele e não ele e depois dessa mensagem tive certeza!

Não me faltam provas e nem testemunhas de tudo que passei, tenho salvo muita coisa que ele me disse, outras tantas perdi no dia em que exclui ele do Facebook, mas o que tenho, acredito que seja suficiente para mostrar tudo isso a Justiça.

Vou me cercar dos melhores profissionais para isso, não quero privar a família do “pai” do Lucca de ver ele, mas quero que saibam a real responsabilidade que é criar uma criança, que TODOS os dias devem se preocupar com ele, que amor é algo que não se compra e que não se conquista de um dia para o outro.

Tenho muito medo que Lucca fique com algum trauma de passar por isso e me culpo muito por fazer ele passar por isso, mas do outro lado, confio na criação que estou dando a ele. Isso sim, me tranquiliza.

Sei que esses processos demoram que são bem longos e desgastantes, mas agora chegou a hora de ir até o fim. Mostrar a quem quiser saber o quanto lutei para que existisse esse contato do Lucca com o “pai”, o quanto me esforcei inúmeras vezes em vão para isso.

Sempre falei que seria eternamente grata ao “pai” do Lucca por ter me “dado” o Lucca, mesmo que nossa relação como pais nunca tenha sido boa. Espero de coração que um dia possa ser saudável, por para o Lucca será muito importante!

Não vai ser nada fácil esse caminho que entramos, mas confio em Deus, acredito que ele está olhando pelo meu Lucca, para que ele não sofra com esse problema meu e do “pai” dele. Deus colocou Lucca na minha vida no momento que eu mais precisava e por isso confio tanto nele.

Estou compartilhando mais esse momento, pelo mesmo motivo o qual sempre compartilhei tantos outros, para que muitas saibam que não estão sozinhas.

Obrigada a todos que estão me apoiando nesse momento tão delicado!

Um grande beijo meu e do Luquinha.

You Might Also Like

3 comentários