Minha história no Fofoca

fevereiro 13, 2015



 Hoje temos a volta do "Minha história no Fofoca" e para essa volta temos o depoimento da Bianca Coimbra, blogueira do Mãe Jovem e mãe do Francisco, contando como foi descobrir a sua gravidez e enfrentar toda a barra de ser uma mãe jovem e solteira.

1- Conte um pouco de sua historia, como descobriu que estava grávida, como foi contar para sua família, para o pai do Francisco e para os seus amigos. 

Eu tinha acabado de voltar de uma viagem em que passei 2 meses fora. Como meu namorado tinha ficado aqui, eu deixei de tomar remédio e engravidei no final de semana em que retornei ao Brasil. Quando minha menstruação atrasou, o pai do Francisco me aconselhou a fazer o exame, mas eu achava que não estava. Quando o fiz, liguei para ele na mesma hora. Ele tentou me acalmar, mas era impossível. Minha mãe soube logo depois. Contei na mesma semana após fazer o ultrassom. Meu pai, demorei mais um pouco. Acho que duas semanas ao total, mas todos me apoiaram muito. Parecia que estavam todos mais felizes com a ideia do que de fato (não sei se estavam mesmo, ou viram a necessidade de me confortar).


2- Quais foram suas maiores frustrações, surpresas, descobertas...tanto na gravidez quanto com a chegada do Francisco?

Minha gravidez foi fácil porque o Francisco quase não deu trabalho. Mas eu não estava feliz grávida. Fiquei quase que os nove meses sem vontade de fazer nada. Apenas deitada. Isso me frustra bastante pois queria ter aproveitado. Mas precisei daquele tempo. Não me senti mãe logo no começo, mesmo depois que ele nasceu, demorei para me sentir mãe de fato. Até hoje vivo essa vida dupla entre me sentir mãe e conseguir conciliar uma vida "jovem".

3- O que você, hoje mãe, diria para você mesma antes de saber que estava grávida?

Não sei o que diria. Ele é meu maior presente. Deus o enviou mais perfeito do que sonhei. Mas, como já disse no blog, não o teria tido na idade que tive. Muita coisa mudou depois que ele nasceu. E não consigo dar a atenção que tenho vontade de dar a ele, pela quantidade de coisas que tenho que fazer. Talvez eu teria me dito pra tomar mais cuidado.


4-  O que mais mudou na sua vida com a chegada do Francisco?

Tudo mudou. Absolutamente tudo. Rotina, trabalho, cidade, enfim... Hoje vivo com o pensamento nele.

5-  O que mais te surpreendeu com a maternidade?

Ele. Na verdade ele que me surpreende o tempo todo. Como ele mexe com os meia sentimentos, como ele é esperto. Mãe é o mais próximo que podemos chegar de um ser "divino" sentimos coisas, sabemos das coisas. E quem nos desperta tudo isso são eles!!

6-  O que mais te motiva para contar sua história no instagram/blog?

          Eu AMOOO dividir minha história porque queria ter visto algo assim quando estava grávida. Foi uma fase bem difícil pra mim é saber que posso ajudar outras mães, me motiva demais. Me da um trabalhão manter o mãe jovem junto com tudo que faço, mas não quero abrir mão. Amo trocar experiências e principalmente, mostrar que essa maternidade perfeita que muitas mostram, não existe.


7-  O que é ser mãe de verdade?

Ser mãe de verdade é ser você mesma. Não existe um modelo certo de mãe. Você precisa ser a melhor mãe que consegue ser para o seu filho. Mas nunca deve se esquecer de você mesma. Somos mulheres antes de tudo é só podemos fazer o outro feliz, quando estamos felizes.

8- Um recado para futuras mamães.

Gostaria de dizer que não é fácil. Mas os momentos difíceis passam, e que eles são os maiores presentes que vocês receberão!! Sei que muitas não esperavam engravidar, mas levem isso sem peso, da melhor maneira possível. É a melhor forma de fazer tudo dar certo.

Espero que tenham gostado do relato da Bianca.
Quem quiser conhecer mais ela, é só seguir no instagram @bi_maejovem ou acompanhar pelo site Mãe Jovem.

Até o próximo post. 
Beijo meuzamores!

You Might Also Like

2 comentários