Por quê quiropraxia para meu filho, se ele não sente dor nas costas? - Por Débora Teixeira

setembro 03, 2015

Olá mamães!

Me chamo Débora Teixeira, sou quiropraxista e estou muito feliz por ter a oportunidade de mostrar para vocês o que a minha profissão tem a ver com o universo da maternidade.



A quiropraxia é uma profissão da área da saúde especializada no cuidado e manutenção da coluna vertebral e das articulações. Seus fundamentos são ligados ao fato científico de que o Sistema Nervoso controla e coordena a função de cada célula, tecido ou órgão no nosso organismo. Busca o equilíbrio ideal do corpo, potencializando a saúde e promovendo o bem estar. Há uma ênfase em técnicas manuais, incluindo o ajuste e/ou a manipulação articular, com um enfoque particular nas subluxações.

O que é uma subluxação vertebral?

Atividades rotineiras, maus hábitos, má postura, quedas, traumas, estresse, movimentos repetitivos podem ocasionar pequenas alterações na posição e movimento das vértebras, interferindo no Sistema Nervoso, podendo exercer pressão nos nervos que saem da coluna, reduzindo a capacidade natural do corpo de funcionar adequadamente, gerando dores na coluna e outros sintomas.


Ao ler essa definição sobre a subluxação, acredito que todos visualizamos uma pessoa adulta, sedentária e que realiza movimentos repetitivos no trabalho. Mas e as crianças? Qual criança não corre, brinca, pula, passa um bom tempo sentada na escola ou jogando vídeo game? O que quero dizer é: todos nós temos subluxações. Todos nós diariamente sofremos alterações no sistema nervoso que impedem uma comunicação plena entre o nosso cérebro e o restante do corpo. Todos nós precisamos de Quiropraxia.

A maioria dos pais estão cientes da importância de fazer exames periódicos nos seus filhos no que diz respeito a dentes, ouvidos, olhos e garganta, mas esquecem do cuidado com a coluna vertebral. A criança, no seu desenvolvimento, passa por muitos eventos importantes desde o nascimento: aprende a sentar, rolar, engatinhar, caminhar. A coluna vertebral de uma criança é muito suscetível a lesões por não ter força muscular necessária para estabilizar as articulações, facilitando o aparecimento das subluxações.

A criança dificilmente vai reclamar de dor nas costas e articulações, pois a coluna cresce até a adolescência e antes que complete sua ossificação por volta dos 18 anos, ela é composta em grande parte por cartilagem, mas é importante que as mamães e os papais fiquei atentos aos sinais que ela pode dar, como irritação, diminuição do apetite e alteração no sono. A coluna do seu filho é a "linha de vida" dos seus corpos, e a medula espinhal serve como um condutor por onde passa um feixe de estruturas nervosas com milhões de fibras nervosas que enviam mensagens elétricas desde o cérebro para todos os tecidos do corpo, e manter essa comunicação saudável é fundamental para um bom desenvolvimento geral.


É muito importante que os pais fiquem atentos em relação a postura que seu filho fica em frente ao computador, a televisão ou usando o tablet, e também ao peso da mochila que usam para ir à escola (o peso não deve ultrapassar 10 a 20% do peso da criança), além disso, a mochila deve ser disposta sobre os dois ombros para que o peso seja distribuído igualmente, prevenindo uma possível escoliose.

Com consultas regulares associadas a bons hábitos, o crescimento do seu filho tem tudo para ser o mais saudável possível!

Quem ama cuida, quem ama mais ainda cuida com Quiropraxia!


You Might Also Like

0 comentários