O que é família para você?

outubro 07, 2015


Oi pipooow, tudo bom com vocês?

Hoje quando parei para pensar em uma pauta, logo pensei em escrever sobre "filhos malcriados" e comecei a procurar textos, artigos e vídeos sobre o assunto, pois gosto muito de me basear em outros autores e também saber outras opiniões.

Foi aqui que li um texto COMPLETAMENTE ABSURDO sobre a criação dos filhos, gente, sério, é um texto tão absurdo, que fui obrigada a encaminhar um e-mail para o autor.

Mas antes de comentar sobre, quero falar sobre as novas famílias que estão sendo criadas.

Vamos aos dados: Pela primeira vez, o censo demográfico mostra que as novas famílias estão presentes em 50,1% dos lares brasileiros, que são casais sem filhos, pessoas morando sozinhas, gerações sob o mesmo teto, casais homo afetivos, mães solteiras, pais solteiros, irmãos e também a família "os seus, os meus e os nossos". Tudo isso está ligado também, a diminuição do números de filhos, pois a mulher começou a entrar no mercado de trabalho.

E um dos padres mais querido do Brasil, Padre Fábio de Melo, deu um depoimento muito emocionante: "Família é um grupo de pessoas, seja ele constituído de dois, três, que estejam vivendo em consonância com a palavra de Jesus. O resto é uma fórmula pronta que beira a hipocrisia... a família é o lugar onde crescemos no amor, o resto é invenção nossa."

Pronto, acho que já deu pra entender o que é família!

Voltamos ao artigo que li, vou explicar com as minhas palavras o que esse texto disse.

O texto começa a dizer que pais que deixam seus filhos com babás e na escola desde muito cedo, estão criando um problema e não um filho. Que antigamente as crianças iam apenas para educação infantil e no máximo aulas de canto ou ensino religioso após a escola e pais que levam os filhos a atividades extra curriculares, não conhecem seus filhos e que irão ter um futuro desastroso.

Continuando...

O casal que tem filhos e seu casamento está indo de mal a pior, devem se manter casados até que os filhos atinjam uma idade para compreender sobre uma separação e que hoje em dia as crianças não sabem mais o que é ter uma família de verdade e que se ela tem quatro avós, festa de aniversário separada com o pai e outra com a mãe, ela não irá desenvolver nenhum conceito sobre uma família.

Agora eu preciso citar uma pequena parte: "aceitar que em nome dos interesses egoístas das pessoas uma instituição legítima seja abandonada ou condenada em sua essência é um crime contra a própria humanidade"

Crianças que vivem em família de pais separados, vão irão conseguir constituir um caráter ou qualquer visão do que é certo ou errado na vida.

E para finalizar com chave de ouro nesse artigo: "Criar um filho requer dedicação. É abdicar do pronome EU e adotar os pronomes ELE(A) ou NÓS."

QUE MARAVILHA DE TEXTO, NÃO É?



Vamos somar tudo que esse autor nos explicou: os pais, ou no caso a mãe, deve deixar de trabalhar para ficar em casa criando os filhos, mesmo que a sua parte de trazer dinheiro, para dar o que comer para os filhos tenha grande importância, isso não importa e seu filho vai ser um rebelde sem causa. Além disso, ficamos sabendo que pais completamente infelizes com seus casamentos, devem se manter dessa forma, apenas para que seu filho ache que aquilo é uma família feliz, mesmo que o marido traia a mulher ou vice-versa, isso é bobagem.

Devemos esquecer completamente de quem somos e viver APENAS para nossos filhos, pois se decidimos ter filhos, temos que abdicar de tudo que nos faça feliz ou então engolir o que nos faz infeliz.

Morar em uma casa onde o pai desrespeita a mãe, ou que a mãe briga com o pai a todo momento, mas que seja um pai, uma mãe e filhos dentro de uma casa, isso pode, pois se não, o que essa criança vai saber sobre respeito, não é?

E mais uma vez, esquece totalmente quem você era antes de ter filhos. VIVA APENAS PARA SEUS FILHOS, sendo você feliz com isso ou não.

Acho que agora ficou mais fácil de compreender!

A minha revolta quanto a esse texto é tão grande que não consigo expressar tamanha indignação.

Mas uma frase resume tudo que eu preciso dizer:

"FAMÍLIA É AMOR, SE TEM AMOR, É FAMÍLIA!"

You Might Also Like

0 comentários