por que amo tanto ser mãe de menino?

fevereiro 24, 2016



sempre soube que seria mãe de menino. não sou nada delicada, sempre tive joelho roxo, muitos amigos, enfim...

mesmo que nunca tivesse pensado em ser mãe, quando pensava, sabia que seria um guri. e isto foi uma das minhas maiores alegrias! quando descobri que estava grávida, eu decepcionei muito meu pai . foi a maior decepção que já dei a ele, e não foi nada fácil. mas meu pai (pai de três meninas) sempre quis ter um menino e, ao descobrir que ele teria um neto, foi a maior alegria que dei a ele. realizei seu grande sonho!

essa é apenas uma parte do quanto ser mãe do luquinha me deixa feliz. agora vou contar pra vocês todo o resto...

qual mãe que não sabe o nome de pelo menos 10 super-heróis? pois é! essa é uma das especialidades que nós, mães de meninos, temos que ter.

além das brincadeiras, tem toda a parte prática, onde temos que nos desenrolar. por exemplo, levar seu filho ao banheiro feminino, enquanto todas as outras mulheres te olham torto ao fazer isso. sem falar naquela sua hora no salão, onde uma coisa de mulherzinha, tem que ser uma grande aventura!

meu filho não pode me ver chorar. se acontece, ele se magoa junto comigo. me abraça, me acolhe e diz: "não chora mamãe". então meu coração se desmancha em amor.

por que os meninos não podem ser sensíveis, carinhosos e protetores? na educação que dou ao lucca, esse são os principais valores que quero ensinar, pois quero educar um homem que possa ter compaixão pelo próximo e, acima de tudo, respeitar uma mulher.

é nas brincadeiras de super-heróis ou desbravamento com "batarossauros" (assim que ele chama todos os dinossauros), que na maioria das vezes sou a mocinha. nestas brincadeiras ele me protege e mostra o quanto já compreende o que é cuidar de alguém.

na nossa casa temos dias em que ela se torna uma grande pista de carros de corrida, onde as corridas são incrivelmente velozes e arriscadas. também não podemos esquecer da banheira na hora do banho, que se torna um grande lago onde os submarinos mergulham cheios de mísseis a serem disparados.

não sou à favor que meu filho brinque de lutinhas ou que jogue algum jogo que instigue lutas. brinquedos como arminhas são completamente proibidos dentro de casa. mas gente, isso não está no dna masculino? mesmo que eu não apresente esse tipo de brincadeiras ou brinquedos, eles insistem em mostrar toda sua masculinidade dessa forma. seja fazendo lutinhas com brinquedos ou até mesmo jogando jogos violentos nos vídeo-games. 

ouvi muito "ser mãe de menino é super prático, coloca uma bermuda, camiseta e chinelo e pronto!"

de certa forma é, sim, muito prático (até por que não levo jeito para vestir menina, muito menos encher de chuquinhas no cabelo). mas tinha que ser tão prático e tão igual para todos? ao ir em uma loja de roupas de menino, não é surpresa nenhuma que na troca de coleções, tudo seja sempre azul, liso, listrado ou xadrez. pronto! 

essas são as opções que você tem, e fique satisfeita com isso mamãe.

falando em vaidade, ser mãe de menino é não precisar se preocupar com a roupa que você está vestindo. tu sempre estará linda e será a princesa dele. luquinha esses dias disse que eu estava feia, mas vamos pular essa parte. e mesmo que você recém tenha acordado, esteja na maior das tpm's, ele vai estar ali, pronto para te amar.

meninas são temperamentais e muito mais sensíveis. já os meninos são muito mais práticos e levam a vida menos a sério. qualquer binóculo vira brinquedo, ou então um pote de plástico e uma colher se tornam uma bateria de uma banda de rock. abrem armários e fazem eles de cavernas misteriosas, brincam na terra sem se preocupar com a sujeira que a roupa vai ficar. e sabe o que você vai achar de tudo isso? lindo! sim, por que isso é saudável. você vai achar essas brincadeiras a melhor coisa do mundo, por que irá existir um enorme sorriso no rosto do seu filho, e isso não existe dinheiro que pague. ser mãe de menino é levar a vida menos a sério! 

* créditos da foto: Micheli Plachi Fotografia

You Might Also Like

0 comentários