Maternidade e suas transformações

novembro 30, 2017



nunca quis ser médica, veterinária ou professora.

nem casar e muito menos ter filhos, sempre fui deixando a vida me levar, sabe?

nesse estilo martinho da vila, eu engravidei de uma pessoa que eu não tinha uma relação estável.

minha primeira reação foi de que eu não podia ter aquele bebê, não podia fazer isso com meus pais, muito menos porque sempre bati na madeira quando diziam que eu ia ser a quinta geração da minha família a ter seu primeiro filho no ano que completam 21 anos.

mas eu fui.

ao descobrir que estava grávida, eu só conseguia pensar em interromper a gestação, até que meus pais descobriram que eu estava grávida e que eu ia interromper.

lembro até hoje do olhar de decepção do meu pai.

mas meus pais me abraçaram e seguimos em frente.

além do meu processo de aceitação ainda tinha que lidar com as pessoas me olhando com cara feia na rua, claro que deviam pensar: “ah coitada, acabou com a vida dela”

mas não era só eles, eu também estava me julgando, eu também achei que a minha vida tinha acabado, que nunca mais conseguiria ser feliz.

e um amigo, há alguns dias, me disse algo que me mexeu comigo, ele disse: “pâmela, tu tem o dom de despertar o melhor das pessoas”

e isso me fez refletir no quanto eu fui abençoada ao poder usar da minha vida como instrumento de ajudar outras mães, mulheres e sim, muitos pais têm me procurado para dizer que estou ajudando eles também.

a minha trajetória mudou a minha maneira de ver o mundo, e seria injusto da minha parte não compartilhar com outras pessoas, porque isso é um dom, missão, seja lá como você quiser entender.

é surreal alguém chegar em mim em meio do supermercado e dizer: "tu mudou a minha vida"

isso não tem dinheiro no mundo que possa pagar.

pois as pessoas que nos seguem, seguem por algum motivo, ou pra que tu divirta elas, ou pra que tu fale alguma coisa que possa confortá-las, então de certa forma somos responsáveis pela vida deles também.

hoje, as pessoas que acharam que eu tinha acabado com a minha vida, olham surpresas para tudo que conquistei.

e eu que não tinha um plano de vida, hoje quero mudar o mundo!

texto adaptado da minha palestra para o TEDxUnisinos


You Might Also Like

0 comentários