vida real x feed bonitinho


a internet me trouxe, infinitamente, mais coisas boas, do que ruins.

expor a minha vida, passou a ser algo natural e alguns dias eu simplesmente não tenho “saco” nenhum pra ficar fazendo foto bonitinha, stories, apenas quero ser uma pessoa “normal”

e hoje passando pelos stories, me peguei pensando duas coisas, que pra mim são muito importantes: primeiro, tudo aquilo era de verdade? e segundo, o quanto eu me conectava com o que elas estavam postando.

se o que divulgam é verdadeiro, acho que não vou conseguir saber, mas se está conectado com o que eu acredito, com o meu jeito de ver a vida, isso eu posso garantir que não.

não, porque não é minha realidade, eu não estou maquiada todos os dias, não vou na academia, não sou fit, não tenho um namorado/marido gato que me levando para viagens maravilhosas, são tantas coisas que eu não me identifico, que não consegui mais lembrar do porque comecei a seguir alguns daqueles perfis.

não, porque vendo aquilo me sinto tão “inferior”, vou explicar... eu nunca comprei uma base da mac, nem nunca viajei pra fora do brasil, nem tenho bolsas da gucci, algumas roupas minhas são de repasse/brechó, a minha casa não é no estilo tumblr, meu corpo não é escultural, com silicone, nariz bonitinho, minha bunda é caída é minha alimentação está horrível.

meu filho não fala 6 idiomas, nem faz natação/judia/futebol, nunca foi pra disney, nem tem os lançamentos dos brinquedos, anda com roupas compradas no walmart/renner/c&a, faz birra, dorme alguns dias sem tomar banho e algumas vezes vai para a escola sem ter escovado os dentes (depois de acordar)

o que eu quero dizer com tudo isso?

que consumismo por aqui não existe, tudo que indico para vocês, têm um motivo, um propósito, nunca é para incentivar que comprem/utilizem algo que vocês NÃO estejam precisando.

muito mais do que um trabalho, o que faço é minha missão de vida, é ajudar cada pessoa que clicou para me seguir.

você já se perguntou porque acompanha alguns perfis?

pense nisso, e se estiver te deixando pra baixo de alguma forma, te indico repensar, acompanhe pessoas com propósitos ou que te façam rir, inspirem, enfim, siga quem te põe pra cima!

Comentários